Escondidinho / Prazeres

Informações

Equipe UPP Social: Fernanda Pernasetti, Jeferson Dias e Diogo Dutra

A ocupação do Morro dos Prazeres começou em 1940, com instalações pontuais na colina e próximo a onde hoje está a escada central. O nome Prazeres é uma homenagem à madre Maria dos Prazeres, que rezava missas na subida do morro. Nesta mesma área, foi construída uma capela para os moradores fazerem suas orações. Hoje, há um prédio no terreno. O Escondidinho teve origem na mesma época, em 1946. A ocupação dos terrenos próximos à Rua Barão de Petrópolis, no Rio Comprido, foi facilitada pela presença de mata densa no morro, que escondia construções noturnas e a derrubada de árvores. No século XIX, o morro havia abrigado um quilombo que permaneceu desconhecido por muitos anos. Por isso, era chamado de Quilombo do Escondidinho. Quando os primeiros moradores descobriram que aquele terreno havia sido habitado por escravos, surgiu o nome da favela que se formava: Morro do Escondidinho. A UPP Escondidinho/Prazeres foi a décima sexta a ser inaugurada, no dia 25 de fevereiro de 2011. A unidade está sob o comando do capitão Jefferson Odilon. O Fórum UPP Social foi realizado em 20 de maio de 2011.

Dados demográficos

População e Domicílios das Comunidades
Comunidades
População
Domicílios
Fonte: Instituto Pereira Passos, com base em IBGE, Censo Demográfico (2010).
Vila Elza31793
Vila Anchieta854273
Morro do Escondidinho1.758587
Morro dos Prazeres2.136622
Rua Projetada A 521190
Júlio Otoni758231
Coroado930291
Total7.274
2.287